quarta-feira, 13 de março de 2013

Em cima do muro

Quem será você que eu tanto procuro
Que eu tanto espero, mas nem sei se existe
Não sei se reside no meu futuro
Ou se é a projeção de um passado triste

Sinto sua falta quando fica escuro
E ao amanhecer, sua falta persiste
À tarde me assento em cima do muro
Percebo que é o pôr-do-sol que me assiste

E em cima do muro fica a esperança
Ora tão segura de sua chegada
Que fecha os olhos e sonha e descansa

Ora, sem força alguma para crer
E, de viver de sonhos, tão cansada
Já não espera e só quer te esquecer

v.: 0.1

14 comentários:

  1. Ainda bem que ela (a esperança) é resistente e com um sopro já fica toda contente

    ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra cair só se o muro for de palha ou madeira (Os três porquinhos)

      Construa sua casa (muro) na Rocha ;)

      Ahhh que droga, construí esse super argumento, depois li de novo seu comentário e daí é a esperança que caí não o muro, saco!!

      Excluir
    2. Caíram: esperança, muro e argumento. rs

      Excluir
  2. http://youtu.be/5I7G4EudVdA

    "Meu coração não se cansa
    De ter esperança
    De um dia ser tudo o que quer
    Meu coração de criança
    Não é só a lembrança
    De um vulto feliz de mulher...

    Que passou por meus sonhos
    Sem dizer adeus
    E fez dos olhos meus
    Um chorar mais sem fim
    Meu coração vagabundo
    Quer guardar o mundo
    Em mim!"

    ResponderExcluir
  3. Lindo! Amei esse poema ... Me identifiquei muito :) ... Poetas tem esse dom ... De expor seus sentimentos e de nos fazer enxergar a nossa alma nos versos que escrevem ....

    ResponderExcluir
  4. Bom, não tenhu uma resposta poética, mas adorei seu poema, anos atrás eu acreditava na poesia do amor, da esperança, hj nem sei mais... talvez sim, talvez não... talvez eu só tenha que me convencer que há esperança pro amor! Larissa Brandão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deixe o amor te convencer que há esperança para o amor :)

      Excluir
  5. Alexandre, concluí que só o amor de Deus pode me convencer que há esperança pro amor!
    Ontem li: Quem ama nunca desiste, porém suporta tudo com fé, esperança e paciência.(1 Coríntios 13.7)
    Quando chega aquilo que é perfeito, tudo o que é imperfeito desaparece (1 Coríntios 13.10)
    Sendo assim, serei paciente, confiando que o Sr. trará de volta o amor que nunca tive, o sorriso que não vi, o abraço que não senti. Pois, "tudo tem seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu". (Eclesiastes 3:1)
    Onde andará o meu amor? Seja onde for irá chegar. :-D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom. Amém.
      E se você pensar, de certa forma, todo amor é de Deus :)

      Excluir
  6. "Que o esforço pra lembrar
    É a vontade de esquecer
    E isso por quê?"

    ResponderExcluir

Mundo Pittônico das Ideias