sábado, 16 de outubro de 2010

Te escrevo em silêncio

Quando te vejo, há tanto a ser dito
Um turbilhão que o coração palpita
Versos! Queria tê-los por escrito
De sentimentos que minha alma grita

De que contigo o dia é mais bonito
Das canções, tua voz minha favorita
Das paisagens, teu olhar mais infinito
E que o luar o brilho dele imita

Mas mantenho essas palavras restritas
Sabendo que é melhor que seja assim
Pois falando me acharia contrito

Assim deixo novamente inaudito
Te escrevo em silêncio dentro de mim
Pois certas coisas não podem ser ditas

v.: 0.2

--
"Te escrevo em silêncio, dentro de mim. Pois certas coisas simplesmente não podem ser ditas." - Thays Horst
http://gavetaselixeiros.blogspot.com/2010/10/te-escrevo-em-silencio-dentro-de-mim.html

--
3 Versos que eu queria ter por escrito
v.: 0.1

6 comentários:

  1. Não sabia que eras poeta! Estou encantada por teus versos. Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Eu também não sabia... aliás, eu sou? rs Obrigado =*♥
    Quem é você, Cibele? rs

    ResponderExcluir
  3. E esses versos...cheios de emoção...irradiaram meu canto...cheios de paixãoo...!!.. lindooo!!

    ResponderExcluir
  4. Nossa, ficou muito bom. Parabéns! <3

    ResponderExcluir
  5. :) Meus sinceros agradecimentos rs =* ♥

    ResponderExcluir

Mundo Pittônico das Ideias