terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Um curta-metragem

A sessão inicia quando deito
Outra vez a animação em cartaz
Um curta-metragem de um tempo atrás
Que é projetado de dentro do peito

A mocinha de sorriso perfeito
Prende os cabelos em fita lilás
Nem sabe, mas também prende o rapaz
E o deixa encantado com o seu jeito

Mas ela um dia segue outro caminho
E ele não a segura pela mão
Deixa ela ir, e ele segue sozinho

Só hoje percebe a má decisão
Pois poderia ter sido o mocinho
De um romance, mas foi o vilão

v.: 0.1

4 comentários:

  1. Uma graça. Super bem pensado com essa ideia de jogar com mocinha/mocinho no sentido literal e figurado. Adorei, de verdade!

    ResponderExcluir
  2. prende os cabelos em fita lilás é de uma delicadeza que faz passar uma brisa por quem lê. uma graça, pitta!
    singelo e fofo...
    :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a mesma moça dos campos abertos cheios de flores do campo. Ela respira o ar e voa... <3

      Excluir

Mundo Pittônico das Ideias